20 de abril de 2017
Postado por: Cine @ Arquivado em: Primeiras Impressões

The Hate U Give é o livro de estréia da autora Angie Thomas, e está fazendo o maior burburinho nos Estados Unidos desde o seu lançamento, algumas semanas atrás. Para vocês terem noção, os direitos de adaptação do livro já foram adquiridos pela Fox 2000 e a atriz de Jogos Vorazes, Amanda Sternberg, já foi confirmada para o papel principal.

O livro é inspirado no movimento Black Lives Matter e conta a história de Starr Carter, uma menina negra de 16 anos anos que é a única testemunha do assassinato de seu melhor amigo nas mãos de um policial branco. O caso toma conta das notícias nacionais, e algumas pessoas o acusam de ser mais um vândalo, traficante e membro de gangue. Protestos começam a surgir nas ruas e a polícia e traficantes do bairro começam a intimidar Starr e sua família.

A única pessoa que sabe o que realmente aconteceu naquela noite é Starr e qualquer coisa que ela diga pode prejudicar sua comunidade e até mesmo colocar sua vida em perigo.

Eu acho que só pela descrição do livro já dá pra ver que é uma história totalmente diferente do que estamos acostumados a ler em livros jovem adultos, e foi bem isso que me chamou a atenção. O livro está em primeiro lugar dentre os mais vendidos do New York Times e está fazendo o maior sucesso.

Eu li os primeiros capítulos antes de adquirir o e-book, e já está concordando com os elogios a escrita da autora, e como fala de um assunto sério mas tem uma personagem que parece ser bem engraçada. Estou super ansiosa para continuar a leitura ver como essa história vai acabar.

Resumo da história em um tweet:

Após presenciar a morte de seu melhor amigo de infância nas mãos de um policial branco, a vida de Starr muda completamente.

Indicado para os leitores de…
Qualquer livro contemporâneo que não foque somente em romance, mas em questões importantes como o racismo.

E “The Hate U Give” sai quando no Brasil?
A editora Galera prometeu lançá-lo na Bienal do Livro desse ano! \o/




1 comentário



19-11-2017 - 04:19:51

Eu amei esse livro, foi uma das melhores leituras do ano para mim. Em um mundo em que são publicados tantos livros existem alguns que trazem temas tão interessante quanto esse e com certeza ele deve ser super divulgado para que todos tenham acesso e conheçam mais sobre o racismo.


Deixe um comentário

Os campos marcados com * são obrigatórios.





Comentário *