quarta-feira, 15/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “A traidora do trono”, de Alwyn Hamilton

Resenha: “A traidora do trono”, de Alwyn Hamilton

A traidora do tronoLivro: A traidora do trono (#02)
Série: Rebelde do deserto, A
Autor: Alwyn Hamilton (@alwynfjh)
Editora: Seguinte
Páginas: 440
Tradução: Eric Novello
Resenha por: Bruna Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Amani Al’Hiza mal pôde acreditar quando finalmente conseguiu fugir de sua cidade natal, montada num cavalo mágico junto com Jin, um forasteiro misterioso. Depois de pouco tempo, porém, sua maior preocupação deixou de ser a própria liberdade- a garota descobriu ter muito mais poder do que imaginava e acabou se juntando à rebelião, que quer livrar o país inteiro do domínio do sultão. Em meio às perigosas batalhas ao lado dos rebeldes, Amani é traída quando menos espera e se vê prisioneira no palácio. Enquanto pensa em um jeito de escapar, ela começa a espionar o sultão. Mas quanto mais tempo passa ali, mais Amani questiona se o governante de fato é o vilão que todos acreditam.

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

Ah que saudades que eu estava do deserto e sua magia, e de Amani! O que eu mais gostei de cara, fora a capa de um tom de roxo maravilhoso, foi a listinha de personagens logo no início do livro. Ajudou um pouco a relembrar quem era quem na história antes que eu pudesse embarcar novamente no universo criado por Alwyn Hamilton. Como é complicado relembrar de todo o contexto de uma série que a gente leu há algum tempo! Mas estou divagando, vamos ao livro!

Depois de Lua nova e Lua azulseria o problema as luas? – eu sempre, sempre, SEMPRE fico tensa com segundos livros de séries. Para a felicidade geral, não é o caso com A traidora do trono. Esse segundo volume está maior e melhor. A melhoria na escrita de Hamilton é visível, ela conseguiu me colocar na palma da mão dela com essa narrativa e por conta disso entrou na minha lista de autoras preferidas.

No começo de A traidora do trono, faz alguns meses que Amani se juntou à rebelião para se livrar do sultão e quase morreu, até que ela é traída e acaba presa no palácio do sultão. Que evolução da Bandida de Olhos Azuis que fugiu da Vila da Poeira montada em um cavalo de areia com Jin! Mas Amani é ousada e mesmo presa ela tenta angariar informações que possam servir aos rebeldes… mas ao se aproximar do outro lado a história, Amani começa a ver o outro lado da história com seus próprios olhos e dúvidas começam a sondar a cabeça da Bandida. Esse é o grande perigo de estar próxima demais de seus inimigos.

O que eu mais gosto nessa série é o fato como o romance não tira o foco do enredo. Tem romance sim, tem cenas incríveis de beijos deliciosos sim, mas a autora não trata sua narrativa como uma fan fiction mal escrita repleta de cenas de romance e mimimi. MUITO OBRIGADA, ALWYN SUA LINDA!

Apesar desse volume ter menos ação, se comparado ao primeiro, temos muito mais reviravoltas e momentos WTF!?!! Com certeza não é uma história para os fracos de coração. Preparem-se!

Agora estou com sentimentos divergentes sobre o terceiro livro: quero muito que ele chegue logo para poder ler o desfecho dessa história incrível, mas ao mesmo tempo não sei se estou pronta para me despedir de personagens tão queridas e desse universo tão rico e instigante criado pela autora… que dilema!


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Um comentário

  1. Edgar Carneiro

    Sou muito fã dessa série.
    Gosto de tudo, vai ser bem difícil dizer adeus aos personagens que ganharam um cantinho do meu coração.

    Vai ser uma releitura obrigatória a todo ano haahaha

    Vamos aguardar pro final que promete ser épico <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*