sexta-feira, 22/09/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “A morte não é o bastante”, de Kim Harrison

Resenha: “A morte não é o bastante”, de Kim Harrison

A morte não é o bastanteLivro: A morte não é o bastante (#03)
Série: Hollows
Autora: Kim Harrison
Editora: Pavana
Páginas: 472
Tradução: Guilherme Miranda
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Cultura Amazon + ofertas

Rachel Morgan, a bruxa mais talentosa, sexy e durona da ficção está de volta. Desta vez, precisa controlar uma perigosa e mortal guerra de poder no submundo de Cincinatti enquanto tenta se livrar de mais um acordo com o poderoso demônio Algaliarept, que poderá a condenar a uma eternidade de sofrimento. Ao mesmo tempo, seu namorado está cada vez mais distante, abrindo espaço para Kisten, um vampiro sedutor e misterioso que teima em conquistá-la. Cheio de ação, humor e momentos imprevisíveis, os leitores vão ficar grudados em cada página deste livro. A morte não é o bastante é terceiro livro da série Hollows.

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

“— Acho que fiz besteira.”

Kim Harrison conseguiu de novo. A morte não é o bastante é uma excelente adição à série Hollows, que está cada vez mais ficando mais complexa e envolvente. O que é bem complicado, afinal a autora está aumentando a nossa expectativa para os próximos livros. Eu sinceramente espero que ela não perca a mão, pois eu me divirto demais lendo essa série!

O livro começa quando o prazo de Rachel termina para que ela se torne familiar do demônio Algaliarept. Apesar de acreditar que está praticamente morta, Rachel consegue se negar a cumprir cegamente as ordens do demônio, mesmo estando ligada a ele. Como aprendemos no volume anterior, Rachel Mariana Morgan é muito mais forte e complexa do que aparenta ser. Agora ela precisa, mais uma vez, descobrir como contornar essa situação impossível e se livrar do demônio sem perder sua alma, sua vida e seus amigos no processo. Como se isso não bastasse, os criminosos de Cincinnati estão em guerra depois da prisão de Piscary e Rachel também precisa lidar com isso. Além de outros probleminhas mais, quem disse que vida de bruxa é fácil?

Falando em amigos foi muito ruim não ter tanto a presença de Jenks nesse volume e perder sua presença divertida e sarcástica, mas a presença de Ivy compensa, sempre. Ela continua a ser uma das minhas personagens favoritas. Adoro a dinâmica entre ela e Rachel, toda a amizade e desejo vampirístico envolvido. Fora que a Ivy representa mais uma personagem feminina durona na narrativa de Harrison, apesar de ser superemotiva para uma vampira. Gostei muito do fato de Rachel e Nick se afastarem um pouco nesse livro. Não consigo gostar dele e foi divertido ver Rachel explorar mais suas possibilidades românticas com Kisten!

Porém, a história que eu mais gosto de ver explorada é o passado de Rachel e do pai dela, que a autora revela aos poucos através da personagem de Trent, que vem se revelando ser muito mais interessante do que eu imaginava. Será que ele é mesmo o supervilão que ele se mostrou no primeiro volume? Nada como uma visão nova para nos fazer repensar nossas impressões de uma pessoa.

Como disse no início da resenha: ótima adição à série de Kim Harrison. Mal posso esperar pelas próximas aventuras de Rachel, Ivy e Jenks!


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*