sexta-feira, 22/09/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Agora e para sempre, Lara Jean”, de Jenny Han

Resenha: “Agora e para sempre, Lara Jean”, de Jenny Han

Agora e para sempre, Lara JeanLivro: Agora e para sempre, Lara Jean (#03)
Série: Para todos os garotos que já amei
Autor: Jenny Han (@jennyhan)
Editora: Intrínseca
Páginas: 304
Tradução: Regiane Winarski
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Na aguardada conclusão da série Para todos os garotos que já amei, Lara Jean vai ter que tomar as decisões mais difíceis de sua vida.

Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta.

Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás.

Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?

ATENÇÃO! Esse livro não é o primeiro da série e a resenha pode conter spoilers! Confira nossas resenhas anteriores dessa série, clicando na capa desejada:

#01 - Para todos os garotos que já amei #02 - P.S.: Ainda amo você

“Acho que isso também é parte de crescer, ter de se despedir de coisas que você amava.”

Antes de mais nada, gostaria de começar essa resenha agradecendo do fundo do meu coração a Jenny Han por ter escrito mais um volume dessa série – originalmente era uma duologia – e mais ainda por não ter perdido a mão no processo. Afinal, todos nós sabemos que estender uma história além do que ela estava planejada nem sempre tem um resultado gratificante. Pois Agora e para sempre, Lara Jean teve.

O que eu mais gosto na história dessa série é a força das personagens, principalmente de Lara Jean. Nesse volume a protagonista está se formando e se preparando para ir para a universidade, um dos melhores e ao mesmo tempo piores momentos na vida de um adolescente. É a época em que os amigos de colégio tomam rumos diferentes (nos EUA ainda mais distantes do que costuma acontecer no Brasil), em que relacionamentos acabam e decisões que podem afetar os próximos anos da sua vida devem ser tomadas. Nada fácil.

Além da ansiedade de saber se você vai conseguir entrar na universidade dos seus sonhos, Lara Jean também começa a se preocupar sobre seu relacionamento com Peter. Dependendo da escolha que ela fizer, eles terão que estudar em universidades diferentes e com isso o relacionamento a distância pode não dar certo ou, pelo menos, ficar muito mais complicado.

“Quando sopro as velas e faço meu pedido, desejo sempre sentir por Peter o que estou sentindo agora.”

Mas o livro não é só agonia, ansiedade e desespero. Han, como sempre, enche a sua narrativa com momentos mágicos e muito especiais. Simplesmente adorei o fato do pai das meninas Song finalmente ganhar uma nova companheira, a Sra. Rothschild. Eles formam um casal incomum, mas que funciona muito bem. Ela parece tirar ele da zona de conforto e é exatamente disso que nós precisamos, não é mesmo? Também adorei poder rever o ex-quase-namorado de Lara Jean, John McLaren, apesar das condições do retorno dele na série não ser nem um pouco felizes. Mas adoro demais a personagem e confesso que torci muito por ele no livro passado. (Desculpa, Peter!)

Mas o que eu mais gosto mesmo nos livros da Jenny Han é que os livros dessa série não são apenas romancezinhos água com açúcar para meninas. Todos os livros trazem questionamentos que vão além da superfíciee mostram para o leitor que as pessoas são diferentes uma das outras, assim como as irmãs Song são completamente diferentes entre si também. Margot, a irmã mais velha, dá muitos conselhos para Lara Jean sobre a escolha de faculdade, sobre relacionamentos à distância, mas no fim do dia, Lara Jean precisa fazer suas escolhas sozinha e seguir seu coração.

Um desfecho tão delicioso quanto os cookies amanteigados da Lara Jean. É difícil se despedir de personagens que a gente gosta tanto… mas sempre dá pra voltar e reler uma e outra vez! Que venham novas histórias… no que será que a Jenny Han está trabalhando agora? ;)

“— Você não pode protegê-lo de se magoar, querida, não importa o que faça. Ser vulnerável, deixar pessoas se aproximarem, se magoar… tudo isso é parte de estar apaixonado.”


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*