quarta-feira, 15/11/2017
Últimas do LeS:
Capa » Resenhas de Série » Resenha: “Mr. Romance”, de Leisa Rayven

Resenha: “Mr. Romance”, de Leisa Rayven

Mr. RomanceLivro: Mr. Romance (#01)
Série: Masters of Love
Autor: Leisa Rayven (@leisarayven)
Editora: GloboAlt
Páginas: 358
Tradução: Isadora Sinay
Resenha por: Bru Fernández
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Max Riley pode fazer com que as fantasias mais incríveis ganhem vida: sob o alter-ego de Mr. Romance, ele pode ser um bilionário dominador, um bad boy inocente, um geek sexy ou qualquer outro homem que satisfaça os desejos das mulheres solitárias da alta sociedade de Nova York. No entanto, nada disso envolve sexo: são apenas encontros inesquecíveis. Intrigada com a lenda urbana de Mr. Romance, a jornalista Eden Tate está determinada a publicar uma matéria revelando sua identidade e suas artimanhas. Desesperado para proteger seu anonimato, Max desafia Eden a ter com ele três encontros: se ela não se apaixonar por ele, poderá publicar a matéria. Caso contrário, deverá esquecer a história. Eden não tem dúvidas de que conseguirá resistir a todos os falsos personagens de Mr. Romance, mas será que é seguro entrar no jogo do maior mentiroso de todos?

“— Você pode morrer e renascer durante um beijo decente. Acredite em mim.”

(Ah, eu acredito Max!)

Nunca fui muito fã de romances. Mas desde que a GloboAlt publicou os livros de Leisa Rayven no Brasil – começando com Meu Romeu, da série Starcrossed – confesso que fiquei curiosa para ler os livros da autora. Porém, nunca tive oportunidade.

Foi apenas depois de um evento de blogueiros da editora com a presença autora – que é uma FOFA! – que eu resolvi que já tinha passado da hora de ler alguma obra dela. Começar com a história de Max foi BEM interessante!

Mr. Romance tem uma premissa diferente do que vemos por aí nos livros de romance: a protagonista é Eden, uma jovem jornalista que adora curtir a vida, sair com vários caras para satisfazer suas vontades físicas sem o menor apego emocional – ainda bem porque ela tem um dedo podre, que olha… chega a dar só! Ela é bem durona e não está nem aí para a irmã e a avó sempre estarem no pé dela para ela arranjar um namorado decente.

Até o momento que ela se empenha em escrever uma matéria sobre o famoso Mr. Romance, o alter ego de um cara incrivelmente talentoso que faz as fantasias mais loucas de suas acompanhantes se tornarem reais. Mas vejam bem, esses encontros inesquecíveis e memoráveis não envolvem sexo. É isso mesmo que você leu. O que torna Max Riley (o verdadeiro nome do Mr. Romance) tão especial é que ele consegue captar as necessidades das mulheres que o contratam, geralmente mulheres que são apenas exibidas como um bibelô pelos maridos em eventos sociais.

Eden sabe que tem uma história com um potencial enorme nas mãos para conseguir a sua promoção então decide entrar em contato com Max para saber tudo sobre ele e desmarcará-lo. Mas como nem tudo na vida são flores e a gente tende a primeiro julgar antes de ter todos os fatos, Max pede a Eden um tempo para que ele possa mostrar a ela que não está se aproveitando do dinheiro dessas mulheres: ele pede três encontros. Se depois desses encontros Eden não tiver mudado de opinião sobre o trabalho dele, então ela pode publicar a história do jeito que quiser.

Para descrever o livro em uma palavra só, não tem como usar outra palavra além de sexy. Leisa Rayven é uma escritora de mão cheia e consegue criar uma atmosfera de antecipação e tensão como poucos autores conseguem. A leitura me prendeu de início ao fim e quando dei por mim já tinha devorado as 300 e poucas páginas da história. Se você já conhece o trabalho da autora, vai adorar esse livro! Se você ainda é um(a) lesado(a) não conhece a autora e gosta de romances bem escritos, pode apostar seu rico dinheirinho em um exemplar de Mr. Romance. Você não vai se arrepender!

Já estou aguardando ansiosamente o próximo livro da série leva o título de Professor Feelgood e será centrado na irmã mais nova de Eden, Asha. Fiquei animada porque a personagem dela é muito incrível e fofinha, mas confesso que vou sentir saudades de ler mais sobre Max e Eden. O livro ainda está sendo escrito e não tem previsão de lançamento, nem no exterior, nem no Brasil.

“— […] Mas o amor é como uma doença latente. — Ele apoia o copo no balcão e se aproxima. Quando pressiona a mão fria contra o meu coração, eu inspiro, tensa. — Já está dentro de você, Eden. Só esperando pela pessoa certa para ativá-lo.”


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.

Sobre Bru Fernández

Formada em Letras, trabalha como Revisora e Tradutora em uma agência publicitária e preenche suas horas vagas assistindo a seriados, filmes e partidas de futebol, vôlei, basquete e ice hockey, além de ouvir música, ir a shows e, claro, ler. Não curte chick-lits e prefere os thrillers, policiais, YA e fantasia. Nunca sai de casa sem guarda-chuva e um livro na bolsa, afinal nunca se sabe quando irá chover ou surgir uma fila/trânsito em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*