10 de June de 2015
Postado por: Guilherme @ Arquivado em: Resenha Fora de Série

Livro: Sobre a Escrita
Autor: Stephen King
Páginas: 256
Editora: Suma de Letras
Tradução: Michel Teixeira
Resenha por: Gui Ferreira
Comprar:
Saraiva Submarino Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Sobre a escrita é uma verdadeira aula sobre a arte das letras, sem deixar de lado as memórias e experiências do mestre do terror: desde a infância até o batalhado início da carreira literária, o alcoolismo, o acidente quase fatal em 1999 e como a vontade de escrever e de viver ajudou em sua recuperação.

Com uma visão prática e interessante da profissão de escritor, incluindo as ferramentas básicas que todo aspirante a autor deve possuir, Stephen King baseia seus conselhos em memórias vívidas da infância e nas experiências do início da carreira: os livros e filmes que o influenciaram na juventude; seu processo criativo de transformar uma nova ideia em um novo livro; os acontecimentos que inspiraram seu primeiro sucesso: Carrie, a estranha. Pela primeira vez, eis uma autobiografia íntima, um retrato da vida familiar de King.

E, junto a tudo isso, o autor oferece uma aula incrível sobre o ato de escrever, citando exemplos de suas próprias obras e de best-sellers da literatura para guiar seus aprendizes. Usando exemplos que vão de H. P. Lovecraft a Ernest Hemingway, de John Grisham a J. R. R. Tolkien, um dos maiores autores de todos os tempos ensina como aplicar suas ferramentas criativas para construir personagens e desenvolver tramas, bem como as melhores maneiras de entrar em contato com profissionais do mercado editorial.

Se todos os livros que encontramos por aí e que dizem “ensinar os alunos a escrever” seguissem a receita que Stephen King aplica em “Sobre A Escrita”, o aprendizado seria muito mais eficiente – e divertido. Como fã declarado do autor – e como aspirante a escritor – eu estava tão empolgado para ler essa obra que a devorei em 2 dias. Tinha um marca-texto do meu lado para marcar as “dicas” que eu achava mais importantes, mas logo larguei mão da ideia. Porque tudo o que King coloca nas páginas é importante.

Enfim: em “Sobre A Escrita”, Stephen King se propõe a falar sobre a arte de escrever, como ela influenciou a sua vida e de que maneira alguém que planeja se tornar um escritor pode aprimorar suas habilidades. E a “aula” funciona esplendidamente bem por dois motivos. Primeiro: Stephen King é um grande escritor e sabe contar uma história como ninguém. Quando um cara que é considerado o autor de maior sucesso da atualidade e que lança de dois a três livros por ano se propõe a compartilhar suas habilidades e experiências, você para e escuta. Simples assim.

Segundo: King conversa com o leitor o tempo todo. E por “conversar” eu quero dizer que, ao ler “Sobre A Escrita”, você realmente se sente íntimo do tio Steve, como se estivesse tomando um café com o autor enquanto ele conta histórias para você. Criar intimidade com o leitor é algo que King sempre faz em seus livros, mas, talvez por narrar suas próprias experiências neste livro, a conexão dessa vez é ainda mais forte.

Enquanto cumpre aquilo que promete, enchendo o leitor de toques e dicas sobre como escrever e conquistar o público (não há nenhuma “regra” para isso, como King deixa claro, apenas maneiras diferentes de aperfeiçoar a técnica), “Sobre A Escrita” também consegue ser um livro engraçadíssimo. King desfila pelas páginas seu humor ácido e certeiro, cheio de tiradas impagáveis e inteligentes que faz o leitor – no meu caso, o “aluno” – gargalhar. Perdi a conta de quantas vezes precisei parar de ler para rir de alguma passagem da obra, o que tornou a experiência ainda mais satisfatória. Prender a atenção de alguém por horas é uma tarefa difícil: prender a atenção e fazer a pessoa gargalhar no processo, é uma tarefa para poucos. Mas King, como sempre, está à altura.

Outra coisa interessante é que Stephen King não se limita a apenas falar sobre a arte de escrever. Ele também conta ao leitor seu “Currículo”, ou seja: você é levado a conhecer a infância, adolescência e maturidade do autor, assim como todas as experiências que o levaram a se tornar o escritor que é hoje. Como ele deixa claro ao longo de “Sobre A Escrita”, para escrever bem você precisa viver. Saber olhar ao redor. Entender o mundo que te cerca e as pessoas que nele habitam. Ao contar sua vida, King faz com que o leitor não apenas aprenda com ele, mas também entenda aquilo que realmente forma um escritor: as memórias e as lembranças, dores e alegrias, que carregamos conosco.

Eu podia ficar o dia inteiro escrevendo sobre como foi satisfatório ler “Sobre A Escrita”, mas prefiro que você viva essa experiência por si próprio. O livro é curto, com menos de 300 páginas, e vale cada segundo que você passa com ele. Por fim, quero deixar uma passagem do livro que, para mim, resume o que realmente é escrever e diz algo que todo escritor precisa, mais do que ouvir, entender:

“A escrita” não é para fazer dinheiro, ficar famoso, transar ou fazer amigos. No fim das contas, a escrita é para enriquecer a vida daqueles que leem seu trabalho, e também para enriquecer sua vida. A escrita serve para despertar, melhorar e superar. Para ficar feliz, ok? Ficar feliz. Escrever é mágico, é a água da vida, como qualquer outra arte criativa. A água é de graça. Então beba. Beba até ficar saciado.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.



09 de June de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Notícias

Os fãs brasileiros da trilogia Cinquenta tons de cinza já podem respirar aliviados. Grey, novo livro de E. L. James que narra o tórrido romance entre o sedutor Christian Grey e a jovem Anastasia Steele sob a perspectiva do protagonista masculino, será publicado pela Intrínseca em 18 de setembro.

Segundo E. L. James, Christian é um personagem complexo que sempre instigou a curiosidade do público por seu passado turbulento e gostos sexuais peculiares. Nesse novo livro, ela expõe os pensamentos, reflexões e sonhos de um homem controlador, bem-sucedido e de coração ferido que vê sua vida mudar drasticamente no dia em que Anastasia Steele surge em seu escritório.

Grey, novo volume do fenômeno editorial que já teve seis milhões de exemplares vendidos somente no Brasil, terá tiragem inicial de 400 mil exemplares.

O livro já está em pré-venda, mas apenas na versão americana: Saraiva Cultura Travessa Amazon.



09 de June de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Adaptações

Katniss Everdeen (Jennifer Lawrence) continua sua luta com a Capital, que ficou inconformada com o fato dela ter sobrevivido duas vezes aos jogos vorazes. A heroína está disposta a lutar em nome de sua causa e também por seus amigos e familiares. Assista ao tão aguardado primeiro trailer de A Esperança: O Final.

O filme estreia no dia 19 de novembro no Brasil.



09 de June de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Notícias

Depois de anunciar a publicação de Mr. Mercedes, de Stephen King, para março de 2016, a Suma de Letras traz mais uma novidade para os fãs do autor: acabaram de comprar os direitos de Finders Keepers, a continuação de “Mr. Mercedes”.

A previsão de lançamento por aqui é no primeiro semestre de 2017, sendo que Mr. Mercedes sai em março de 2016.

Os livros fazem parte de uma trilogia com o detetive Bill Hodges. O terceiro livro teve seu nome recentecemente alterado de The Suicide Prince para End of Watch, anunciou o próprio autor através de suas redes sociais.



09 de June de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Notícias

Se a onda dos livros de colorir ainda não de pegou, essa pode ser a oportunidade: George R. R. Martin está supervisionando uma publicação de um livro para colorir de As Crônicas de Gelo e Fogo. O livro terá 45 ilustrações inspiradas em personagens, cenários, locações e outras imagens icônicas da série, segundo o LA Times.

As artes serão desenhadas pelos renomados ilustradores de fantasia: Yvonne Gilbert, John Howe, Tomislav Tomic, Adam Stower e Levi Pinfold.

O lançamento está previsto para 27 de outubro nos Estados Unidos e terá o preço inicial de 15 dólares.



09 de June de 2015
Postado por: Bruna Fernández @ Arquivado em: Lançamentos

Livro: O Labirinto de Osíris (#03)
Série: Yusuf Khalifa
Autor: Paul Sussman
Tradução: Daniel Estill
Comprar: Saraiva Cultura Travessa Folha Amazon

Cinco anos se passaram desde que Yusuf Khalifa, da Polícia de Luxor, e o detetive da Polícia de Jerusalém, Arieh Ben-Roi, salvaram a vida um do outro. Prestes a se tornar pai pela primeira vez, Ben-Roi se envolve na investigação de um brutal assassinato na Catedral Armênia de Jerusalém. A vítima, Rivka Kleinberg, é uma renomada jornalista israelense que fizera inimigos nos altos escalões, como empresas multinacionais, o governo de Israel e a Russkaya Mafiya, por conta de denúncias destemidas que havia feito.

Quando descobre que o crime pode ter ligação com o desaparecimento de um engenheiro de mineração britânico, em Luxor, no início do século XX, Ben-Roi entra em contato com Khalifa em busca de ajuda. À medida que a investigação avança, a dupla se vê diante de uma trama cuja origem pode estar sob as areias do deserto egípcio e datar de tempos antes de Cristo.

Com um enredo afiado que vai de Israel ao Egito, incluindo passagens pelo Canadá e pela Romênia, O Labirinto de Osíris é o quarto e último livro de Paul Sussman, que morreu aguardando ansiosamente sua publicação por sentir que acabara de escrever seu melhor trabalho.

Livro: Caçada às cegas (#04)
Série: Jack Reacher
Autor: Lee Child
Tradução: Michel Marques
Comprar: Saraiva Cultura Travessa Folha Amazon

O 4º livro protagonizado por Jack Reacher, vivido nos cinemas por Tom Cruise Quando a sargento Amy Callan e a tenente Caroline Cook são encontradas mortas em suas próprias casas — dentro de banheiras cheias de tinta verde igual à usada pelo Exército, com seus corpos completamente intactos —, Jack Reacher se torna suspeito. Ele as conhecia — e sabia que ambas haviam pedido baixa após serem vítimas de assédio sexual. Ex-militar, solitário e sem destino, ele se encaixa perfeitamente no perfil traçado pelo FBI e acaba preso. Mas, quando um terceiro corpo é descoberto, conclui-se que o verdadeiro assassino ainda está à solta. Mesmo contra a sua vontade, mas persuadido pelo FBI, Reacher toma parte no caso. O que essas mulheres teriam em comum e por que alguém estaria empenhado em silenciá-las? Conseguirá Reacher resolver o mistério e provar que, não importa a situação, ele sempre se sobressairá como único e absoluto herói?

Livro: Leviatempo (#01)
Série: Le Diptyque du Temps
Autor: Maxime Chattam
Tradução: Maria Alice Araripe de Sampaio Doria
Comprar: Saraiva Cultura Americanas Travessa Folha Amazon

Um dos 10 autores de maior sucesso na França, com 500 mil exemplares vendidos por ano Na Paris da Belle Époque, Guy de Timée é um romancista de sucesso vivendo o drama da página em branco. A fim de encontrar inspiração para escrever um romance noir, ele sai de casa, deixando mulher e filha, e se aloja no sótão de um bordel no coração da cidade. O Boudoir de soi é uma casa respeitável, frequentada pela alta burguesia parisiense, e Guy logo se torna amigo das residentes do local. Uma noite, uma das jovens prostitutas é encontrada morta ao lado do bordel; horrivelmente curvada, transpirando sangue e com os olhos completamente negros. Auxiliado pela cortesã Faustine e pelo complexado inspetor Perotti, Guy assume uma violenta e sangrenta investigação que leva a outros assassinatos e corpos encontrados em condições semelhantes. Seria obra do Diabo? Qual o propósito sombrio desse assassino de mulheres? Dos círculos esotéricos da Cidade Luz às maravilhas arquitetônicas da Exposição Universal de 1900, Leviatempo é um romance surpreendente no qual o protagonista, ao tentar seguir os passos de Arthur Conan Doyle, acaba se tornando, ele próprio, uma espécie de Sherlock Holmes.

Livro: Percepção da morte (#01)
Série: Erin Paterson
Autora: Louise Anderson
Tradução: Heitor Pitombo
Comprar: Saraiva Travessa Folha Amazon

Intransigente e ambiciosa, Erin Paterson gerencia a firma de advocacia de seu avô em Glasgow. Mas, apesar de toda a aptidão que possui para administrar o lado profissional, sua vida pessoal anda em frangalhos: sua irmã cria um filho sozinha e está desempregada, seu pai sofreu um derrame e sua mãe parece desprezá-la. Para completar, ela acaba de encontrar o namorado na cama com a zeladora do prédio onde mora e é presa por agressão.
Quando uma velha amiga de sua irmã é brutalmente assassinada, o passado de Erin vem à tona. E o que ficou mantido a uma distância segura por tanto tempo ressurge para expor um segredo que deveria ter permanecido morto e enterrado.
Diante do risco de perder tudo — a sua reputação, o escritório da família e até a própria vida —, Erin precisa descobrir quem é o serial killer que está à solta e provar a todos que está acima de qualquer suspeita.

A editora ainda conta com lançamentos que não fazem parte de séries, para vê-los, clique no link abaixo.

(Ler post completo)



09 de June de 2015
Postado por: Kinina @ Arquivado em: Destaque Nacional

Livro: O Despertar do Guardião (#01)
Série: A Saga da Legião Branca
Autor(a): Dáfne Freitas
Comprar: Saraiva Amazon

No pequeno planeta Gondorle, o capitão da Guarda Real, Héricles Adalberon, vê-se diante de um dilema: manter-se ao lado do rei e tentar proteger o reino, ou sacrificar sua carreira e manter a princesa a salvo? Salvar o reino parecia o mais óbvio, mas sua intuição lhe dizia o contrário. Teria que se aliar ao inimigo do reino nessa empreitada sem cabimento e torcer para que seus propósitos fossem compreendidos.

A história se inicia com uma decisão difícil, que reúne, pela pri­meira vez, os personagens de uma trama muito maior. Enquanto aprendem a trabalhar juntos e a confiar uns nos outros, estreitam-se os laços entre eles. E quando uma força estranha desperta, em um incêndio monstruoso, eles descobrem que há muito mais em jogo do que apenas a busca pela salvação do reino.

Uma narrativa envolvente e um enredo cheio de fantasia e mistérios. O despertar do guardião é apenas o início de uma aventura que desvendará os mistérios ao redor da lenda da grande Legião Branca.

A Saga da Legião Branca, a nova trilogia que promete mudar os rumos do mundo da fantasia. Uma história cheia de aventura, romance e mistérios. O primeiro livro da série “O Despertar do Guardião”, com 400 páginas, está sendo lançado pela editora Novos Talentos da Literatura Brasileiros. Você pode acompanhar mais informações curtindo a página da série no Facebook.

Sobre o autor:
Dáfne P. Freitas
nasceu em 1984, em São José dos Campos, mas vive em São Paulo desde os dois anos. Incentivada à leitura desde muito cedo, encontrou nos livros de aventura e fantasia uma válvula de es­cape para sua mente inquieta e cheia de devaneios. É publicitária por formação, casamenteira por profissão, arqueira por curiosidade, patinadora por acaso, sonhadora por natureza, crítica de cinema por intromissão mesmo, e escritora por paixão. Além de ser dona de um furão chamado Chucrute.



08 de June de 2015
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Notícias

A editora Seguinte publicou em seu Facebook sobre uma parceria com a Saraiva para publicar os quatro volumes da série A Seleção em capa dura.

Para ser redirecionado aos links de compra clique no nome de cada livro: A Seleção, A Elite, A Escolha e A Herdeira.