24 de julho de 2017
Postado por: Juh Claro @ Arquivado em: Resenhas de Série

A melodia ferozLivro: A melodia feroz (#01)
Série: Monstros da violência
Autor: Victoria Schwab (@veschwab)
Editora: Seguinte
Páginas: 384
Tradução: Guilherme Miranda
Resenha por: Juh Claro
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos, e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unirem para conseguir sobreviver.

“Corsais, corsais, dentes e garras,
sombras e ossos abrirão as bocarras.
Malchais, malchais, cadavéricos e sagazes,
bebem seu sangue com mordidas vorazes.
Sunais, sunais, olhos de carvão,
com uma melodia sua alma sugarão.
Monstros grandes e pequenos, cadê?
Eles virão para comer você.”

A melodia feroz é o primeiro livro da duologia Monstros da violência da autora norte americana Victoria Schwab. A história é uma mistura de distopia e ficção e, como não podia deixar de ser, nos deparamos com os Estados Unidos pós colapso político/econômico.

Para se reconstruir, o país foi dividido em dez territórios independentes. O mais imponente e temido é Veracidade (ou Cidade V), composto por humanos e monstros (originados da violência) e dividido em dois lados: o Norte, controlado por Callum Harker, que fez com que todos os monstros “deste lado” sejam sua propriedade; e o Sul, comandado por Henry Flynn, que faz de tudo para manter seu povo sob proteção e tentando manter a “paz” para que não exista uma nova guerra.

Antes de qualquer coisa, precisamos nos situar no mundo dos monstros. Existem três tipos deles: os corsais – que surgem de atos violentos não letais, e perseguem pessoas na escuridão e nos becos escuros e são comedores de carne e ossos, os malchais – que nascem dos homicídios e são pálidos e se alimentam de sangue (quase vampiros) – estes existem em maior quantidade e são controlados por Callum Harker e os sunais – que surgem dos crimes mais hediondos e, apesar de serem muito parecidos com os humanos fisicamente, são os mais temidos dos monstros; além de serem raros.

A narrativa é em terceira pessoa, porém dividida entre dois pontos de vista: Kate Harker e August Flynn. Kate é filha de Callum e sonha em seguir os passos do pai como líder respeitado e temido. August é filho adotivo de Henry e também quer seguir os passos dele, mantendo a paz na cidade. A diferença entre eles é que August é, nada mais, nada menos, do que um sunai. Sim, o tipo mais raro dos monstros. E pior: ninguém sabe da existência de um terceiro sunai… Pelo menos até agora.

August recebe a missão de vigiar Kate em sua nova escola, já que agora ela está de volta à Cidade V e pode causar algum problema desnecessário que resulte no fim da trégua entre os dois lados. August aceita a missão porque poderá, finalmente, sair de casa e aprender a conviver ao lado e como um humano. Ah, sim, August não gosta nem um pouco de ser um monstro e ele luta todos os dias contra isso, apesar de saber que nada poderá fazer com que ele deixe de ser essa criatura tão temida.

Ele tenta se encaixar no mundo humano durante as horas que passa no colégio, até inicia uma quase amizade com um dos garotos do seu ano. Kate já não faz questão alguma de colecionar amigos, o que ela quer é que a respeitem ao saberem quem ela é (ou melhor, quem seu pai é) e que consiga não ser expulsa de mais uma escola, já que agora ela finalmente conseguiu voltar para a cidade. O inevitável acontece e os dois acabam se aproximando (mas nada de pensar em aproximação romântica, pois não tem nada de romance nesse livro!), mas nem tudo é mil maravilhas e alguns problemas vão colocar as habilidades de August e a sabedoria de Kate à prova.

Não vou mentir que demorei bastante para gostar da história e também das personagens. O enredo começa a fluir quase na metade do livro e as divisões da cidade, os tipos de monstros e etc, são muito confusos e não tão bem explicados, então torna a leitura um pouco pesada, já que você tenta entender tudo o que está acontecendo para ligar um ponto no outro. Além disso, não deu para entender muito bem como surgiram os sunais e o porquê “real” da divisão entre Norte/Sul. Espero que estes pontos sejam explicados de alguma forma no próximo livro e que façam sentido.

As personagens “secundárias” também não foram muito bem desenvolvidas, apesar de não alterar tanto a história, algumas delas poderiam ser mais trabalhadas para que fizessem sentido ao longo da trama. No geral o livro é bom, mas acabei achando bem confuso e isso impediu que eu curtisse mais o desenrolar da história.

O segundo (e último) livro, Our Dark Duet (Nosso dueto sombrio, em tradução livre) foi lançado no início de junho no exterior. Ainda não há previsão de lançamento no Brasil.


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.



21 de julho de 2017
Postado por: Cine @ Arquivado em: Notícias

No final deste mês a editora Universo dos Livros lançará Além da Magia, primeiro volume da série Furthermore de Tahereh Mafi. A capa e sinopse oficial do livro já foram liberados.

Apenas três coisas são importantes na vida de Alice Alexis Queensmeadow, de 12 anos: a Mãe, que não sentiria sua falta; magia e cor, que parecem fugir dela; e o Pai, que sempre a amou. Certo dia, Pai desaparece de Ferenwood, levando consigo nada além de uma régua. Mas quase três anos já se passaram desde que Pai se fora, e Alice está decidida a encontrá-lo. Ela ama seu pai ainda mais do que ama aventuras, e esta´ prestes a mergulhar em uma para encontrá-lo. Porém, trazer Pai para casa não será uma tarefa simples. Para encontrá-lo, ela terá de viajar pelo território mítico e perigoso de Furthermore, onde para baixo pode ser para cima, papel é uma coisa viva, e esquerdo pode ser direito ou muito, muito errado. Alice precisará reunir toda a sua perspicácia (e todas as suas forças) para encontrar Pai e voltar inteira a Ferenwood. E, em sua busca por Pai, ela tem de primeiro encontrar-se a si – e apegar-se à magia do amor, mesmo diante das perdas.

Garanta já o seu exemplar na Amazon.



21 de julho de 2017
Postado por: Cine @ Arquivado em: Notícias

A editora Gutenberg lançou no dia 15 de julho o primeiro volume da série Highlands, da escritora Suzanne Enoch. O livro, intitulado de Herói nas Highlands, já está à venda em todas as livrarias do país, e abaixo vocês podem conferir sua capa e sinopse oficial.

Será que um soldado inglês é capaz de conquistar o coração da Escócia?

Canhões, tiros, cavalarias, armas. O Major Gabriel Forrester adora um combate e não foi à toa que recebeu o título de “Fera de Buçaco” depois de ganhar uma batalha em Portugal. Sem saber se estará vivo no dia seguinte, nunca se importou com nada além de proteger seus aliados e a si mesmo. Até que a notícia inesperada de se tornar o Duque de Lattimer e dono de uma imensa propriedade nas Highlands escocesas muda tudo o que ele achava já estar traçado para seu futuro. Em sua nova posição, a luta de Gabriel será conquistar a confiança de uma vila de escoceses nem um pouco amistosos, que não estão nada satisfeitos com o fato de ter como duque um antigo soldado inglês. Como se não bastasse, as terras ainda são administradas por uma mulher de língua afiada e corpo perfeito, que parece ser tanto sua salvação quanto sua ruína – e ele está disposto a descobrir em qual das duas categorias ela se encaixa. Com a ameaça de uma maldição nas terras em que nenhum inglês é bem-vindo, o novo duque encontra mais obstáculos do que imaginava. De todas as guerras que já lutou, essa aparenta ser a mais difícil. Afinal, é fácil eliminar inimigos; mas o que fazer quando o objetivo é fazer deles seus aliados?

Garanta já o seu exemplar na Amazon.



21 de julho de 2017
Postado por: Cine @ Arquivado em: Notícias

A editora Universo dos Livros lança no próximo dia 31 de julho o livro Magia Explosiva, primeiro volume da série Hidden Legacy de Ilona Andrews. A trilogia já foi completamente publicada nos Estados Unidos.

Confira abaixo sua capa e sinopse:

Nevada Baylor enfrenta o caso mais desafiador de sua carreira como detetive particular: uma missão potencialmente mortal para apreender um suspeito em situação volátil. Seu alvo é um Superior, o grau mais elevado de usuário de magia, que pode botar fogo em qualquer pessoa ou coisa. No entanto, Baylor não é a única no encalço desse perigoso indivíduo.

Lançada à perseguição, Baylor é sequestrada por Connor “Louco” Rogan – um obscuro e tentador bilionário com poderes igualmente devastadores. Dividida entre seu desejo de fuga e o de se render a essa atração arrebatadora, ela precisará juntar forças com Rogan para permanecer viva, depositando sua confiança em um homem desconhecido e perigoso, que desperta nela um desejo ainda mais arriscado. Rogan, por sua vez, precisa da detetive para alcançar seu alvo – o Superior pirocinético Adam Pierce. Mas, para que ambos atinjam seu objetivo, precisarão enfrentar uma rede de interesses, família poderosas e armadilhas mortíferas. Louco Rogan e Nevada Baylor precisarão, para tanto, fazer concessões e aprender que o amor pode ser tão arriscado quanto a morte – especialmente em um mundo permeado de seres e de circunstâncias mágicas.



21 de julho de 2017
Postado por: Monique Marie @ Arquivado em: Resenhas de Série

Espero por vocêLivro: Espero por você (#01)
Série: Wait For You
Autora: Jennifer L. Armentrout como J. Lynn
Editora: Novo Conceito
Páginas: 384
Tradução: Leonardo Gomes Castilhone
Resenha por: Monique Marie
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

Algumas coisas valem a pena esperar. Algumas coisas valem a pena experimentar. Algumas coisas não devem ser mantidas em silêncio. E, por algumas coisas, vale a pena lutar. Avery Morgansten precisa fugir. Ir para uma faculdade a centenas de quilômetros de casa foi a única forma que encontrou para esquecer o acontecimento fatídico que, cinco anos antes, mudara a sua vida para sempre. O que não estava em seus planos era atrair a atenção do único rapaz que pode mudar totalmente a rota do futuro que Avery está tentando construir. Cameron Hamilton tem um metro e noventa de altura, impressionantes olhos azuis e uma habilidade notável para fazer com que Avery deseje coisas que ela acreditava terem sido roubadas irrevogavelmente dela. Envolver-se com ele é perigoso. No entanto, ignorar a tensão entre eles — e despertar um lado dela que nunca soube que existia — é impossível. Até onde ela estará disposta a ir e o que fará para esquecer o passado e viver aquela relação intensa e apaixonada, que ameaça ruir todas as suas certezas e fazê-la conhecer um mundo de sensações que julgava estar negadas para sempre?

Para a minha felicidade tenho em mãos mais um livro “para maiores” que me deixou encantada do começo ao fim. Temos aqui um belo exemplar de como fazer uma história onde você consegue criar um casal central que protagonizarão cenas quentes e poucos prováveis de acontecerem com você em sua vida real, mas ao mesmo tempo histórias incríveis acontecendo ao redor.

Não se assustem (apesar que esse fato eu amo) com a grossura do livro, as páginas são mais grossas o que dá a impressão de termos bem mais de 384. A letra tem um tamanho maior que da maioria dos livros e um espaçamento grande, o que colabora para uma leitura rápida.

Temos um cenário fácil de se imaginar já que tratamos de jovens que se encontram em sua época de Faculdade. Nossos personagens centrais são ótimos, Avery e Cameron são pessoas que você tem uma facilidade incrível de gostar tanto da forma como agem como da história de cada um. Ela foge de um passado que a atormenta profundamente e que ainda não foi resolvido dentro de si, mesmo cinco anos após tal fato ela ainda precisa aprender a lidar com o que aconteceu. Como a vida é cheia de surpresas ela conhece a peça mais impossível para ajudar nesse ponto problemático de sua vida, essa peça atende pelo nome de Cameron.

Fisicamente temos mais do mesmo, o homem perfeito do imaginário de muitas mulheres que aparece quando mais precisamos e que nos dá tudo o que queremos em alguns aspectos, mas isso não torna o livro obvio, obrigada J. Lynn! Esse passado problemático não fica encoberto durante o livro, sei que vocês devem morrer de curiosidade assim como eu estava quando li a sinopse, fiquem tranquilos e sem spoilers!

A autora consegue deixar o famoso gosto de quero mais para a continuação da série, portanto leiam, leiam e LEIAM! Um belo quase cinco estrelas nesse universo. Mas me contem, alguém aí se apaixonou por Cameron?


Aviso Legal: Esse livro foi cedido pela editora responsável pela publicação no Brasil como cortesia para o Livros em Série.