sexta-feira, 21/07/2017
Últimas do LeS:
Capa » Sagas » B » Busca do Graal, A

Busca do Graal, A

de Bernard Cornwell

#01 Harlequin (2000)
Book Depository Amazon
#02 Vagabond (2001)
Book Depository Amazon
#03 Heretic (2003)
Book Depository Amazon
#04 1356 (2013)
Book Depository Amazon

A série já foi completamente publicada no Brasil, pela editora Record.

#01 O Arqueiro (2003)

Resenha: Leia e comente
Tradução: Luiz Carlos do Nascimento Silva
Skoob: Adicione na sua estante
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

O Arqueiro

Aos 18 anos apenas, Thomas vê o pai morrer em seus braços após um ataque-surpresa à aldeia de Hookton. Um lugar simples que escondia um grande segredo: a lança usada por São Jorge para matar o dragão, uma das maiores relíquias da cristandade. Em busca de vingança contra um homem conhecido apenas como Arlequim, o rapaz, um arqueiro habilidoso, se junta ao exército inglês em campanha na França, onde se envolve em batalhas e aventuras que, sem perceber, lançam-no na busca do lendário Santo Graal. Com este romance, o autor usa o cenário da Guerra dos Cem Anos para dar início a uma saga empolgante.


#02 O Andarilho (2003)

Resenha: Leia e comente
Tradução: Luiz Carlos do Nascimento Silva
Skoob: Adicione na sua estante
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

O Andarilho

A aventura começa em 1346. Os ingleses invadiram a França e os escoceses a Inglaterra. São tempos incertos e obscuros, e o primeiro que encontrasse o Santo Graal – uma espécie de tesouro guardado por anjos e procurado por demônios – seria considerado vitorioso.

Thomas de Hookham, jovem arqueiro inglês, que aos 18 anos viu o pai morrer em seus braços após um ataque de surpresa, deixa a França, seguindo para as Ilhas Britânicas em busca do cálice e do assassino de seu progenitor. Filho bastardo do homem que dizem ter chegado mais perto que qualquer outro do cálice, Thomas tem uma grande e secreta vantagem sobre todos. Um diário escrito em latim, hebraico e grego – uma espécie de código – deixado por seu pai, que parece conter informações sobre o esconderijo do tesouro.

Mas o destino parece desafiar o jovem arqueiro. Bernard de Taillebourg, inquisidor francês, está à caça de Thomas – e do precioso diário de seu pai. Para completar, por trás de Bernard está alguém ainda pior, o calculista Cardeal Bessières, que almeja o mais poderoso e supremo dos cargos, o papado, algo que só o Graal poderia garantir. Para isso, ele seria capaz de absolutamente tudo. Em sua busca desesperada, ele parece contar com o apoio de outros personagens de caráter duvidoso como o fanático Lorde de Roncelets e o lisonjeiro Conde de Coutances. Mas até quando? Até onde o poder do cálice pode corromper, destruir ou construir alianças? Por outro lado, o leal e determinado Thomas contará com o apoio do nobre inglês Lorde Outhwaite e do esgrimista escocês Robbie Douglas, na sua jornada.


#03 O Herege (2004)

Resenha: Leia e comente
Tradução: Luiz Carlos do Nascimento Silva
Skoob: Adicione na sua estante
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

O Herege

Símbolo de imortalidade e pureza, o Santo Graal até hoje inspira vários escritores. Tornou-se o mais mítico dos objetos, gravado no imaginário d o mundo ocidental. Sua lenda é normalmente ligada às histórias de Artur e a Távola Redonda, mas o inglês Bernard Cornwell transporta a saga de sua busca para o século XIV, em plena Guerra dos Cem Anos. Em ‘O Herege’, terceiro romance da trilogia A Busca do Graal – iniciada com o romance O arqueiro – Bernard Cornwell conta uma saga tão empolgante quanto as aventuras de Artur e seus cavaleiros narradas na série As Crônicas de Artur, que conquistou milhares de fãs mundo afora. Uma fábula sobre guerra e heroísmo que encanta do início ao fim. Mas o livro não se resume a cenas de batalhas bem escritas e reviravoltas cheias de ação e suspense. O material impõe um diferente tratamento à Guerra dos Cem Anos e mostra a importância de outros acontecimentos além das famosas batalhas de Crecy, Poitiers e Azincourt.


#04 1356 (2013)

Resenha: Leia e comente
Tradução: Alves Calado
Skoob: Adicione na sua estante
Comprar: Saraiva Submarino Cultura Amazon + ofertas

1356

1356 foi um dos anos mais terríveis e intensos da Idade Média. Menos de uma década depois de a peste negra devastar a Europa, todos os grandes reinos enfrentam conflitos dentro e fora de suas fronteiras. E o maior deles é sem dúvida a Guerra dos Cem Anos, que está em seu momento mais delicado, com a tensão entre a Inglaterra e a França atingindo um ponto insustentável. É esse o cenário da nova aventura de Thomas de Hookton, o arqueiro inglês tornado cavaleiro, dez anos após o término de sua incansável busca pelo Graal.

Em meio ao caos dos campos de batalha e aos sussurros dos jogos de poder nos salões reais, uma disputa menor, porém com o mais grandioso objetivo, é travada entre ingleses e franceses: uma corrida contra o tempo pela posse de la Malice, a espada que são Pedro utilizou para defender Cristo dos soldados romanos no Monte das Oliveiras. Ao longo dos séculos, a espada mudou de dono até ser esquecida em um refúgio oculto. Sua lenda, no entanto, voltou à vida, assim como o desejo de vários homens de possuí-la, e a arma irá cruzar o caminho de Thomas.

Sob as ordens de seu senhor, o arqueiro precisa percorrer cidades e estradas para localizar o paradeiro da espada e evitar que os franceses a obtenham e utilizem para motivar suas tropas à vitória. Sua missão atrai poderosos inimigos, como influentes bispos do círculo papal e ricos e implacáveis senhores de guerra, e acaba em um dos episódios mais importantes e celebrados da história militar da Idade Média: a Batalha de Poitiers. Esse confronto pode traçar o destino da guerra, e Thomas não tem escolha a não ser lutar por aquilo que preza e acredita — ou então ver tudo ruir.


O AUTOR:

O AUTOR/OS AUTORES:

Bernard Cornwell é um dos mais importantes escritores britânicos da atualidade. Já publicou mais de 40 livros e teve obras traduzidas para mais de 16 idiomas.

Site oficial: www.bernardcornwell.net
Twitter: @bernardcornwell
Facebook: Curtir
Outras sagas cadastradas no LeS:


Última atualização: 29/04/2016 - 01:28

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*