sábado, 13/08/2022
Últimas do LeS:
Capa » Lançamentos » Conheça “Binno OXZ”, de Fábio Henckel

Conheça “Binno OXZ”, de Fábio Henckel

O caos ecológico complicou a vida de todo mundo. Calotas polares derreteram e a humanidade se viu embaixo d’água. A humanidade se uniu. Cidades submersas foram construídas. Todos se uniram em uma Aliança e assim se restabeleceu a paz, o cinema com pipoca e os esportes radicais.

Binno OXZ é um garoto que vive em um internato para clones (!!!) e segue sua rotina cansativa cumprindo tarefas sem-sentido. Na esperança de viver algo especial, usa suas habilidades incomuns com computadores e cria um software de inteligência artificial (I.A.) para burlar o sistema de um jogo. Acontece que este software foge do controle de Binno e passa a colaborar com os planos de um rebelde que se auto-proclama Imperador.

Acusado de ser comparsa do grande traidor, Binno recebe uma chance para demonstrar suas boas intenções para com a Aliança. O juiz determina que Binno deverá se classificar para a Universidade Maior através da prova mais disputada do universo: a Prova Maior.
E é durante a preparação para esta prova que o garoto conhece sujeitos como Orion Sirineu, soturno guarda-costas com a altura de três homens; Spike Spy, o último dos piratas; a genial Anay e suas invenções mirabolantes; Gabriah Obé, o mais ágil nos games virtuais; Kira Bellah, temperamental patinadora do palácio e dezenas de personagens malucos que desafiam o senso comum.

Mas Binno sabe que a Prova Maior é apenas um dos desafios que terá pela frente. Enquanto a Aliança luta para neutralizar as ofensivas do exército rebelde, Binno terá que enfrentar seu I.A. e provar à criatura que ela não mais forte que o criador.

Binno Oxz e o Clã de Prata é o primeiro livro da trilogia Binno Oxz, escrita pelo autor brasileiro Fábio Henckel. Para compôr a série, serão lançados pôsters, HQ’s e seus direitos já foram adiquiridos pelo cinema.

Saiba mais: Trechos do livro / Ilustrações / Facebook / Skoob.

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

Um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Livros em Série