quinta-feira, 23/09/2021
Últimas do LeS:
Capa » Especial Bienal » Especial Bienal: O que rolou no primeiro final de semana.

Especial Bienal: O que rolou no primeiro final de semana.

A Bienal do Livro é realmente um superevento, onde além de gastar a alma, autografar inúmeros livros e ver palestras interessantíssimas, você também fica exausta. E é por isso que as atualizações do blog estão um pouco pobres essa semana.

Mas vamos lá. Vou tentar resumir o que aconteceu de muito legal no primeiro final de semana. Sexta-feira foi primeiro dia que fomos à feira. Fomos encontrar outros blogueiros para a coletiva da Alyson Noël. A Mary, da nossa equipe, que esteve presente, contou tudo nesse post.

Sábado e domingo também estivemos atrás das coletivas e sessões de autógrafos de Alyson Noël e Hilary Duff. Os detalhes desses eventos estão nesse e nesse post.

Mas o que vocês não viram foram os outros eventos que envolviam livros de séries. Domingo, além do bafafá envolvendo Hilary Duff, fomos até o lançamento do Dan Albuk na Novo Século e batemos um papo muito bacana com o autor. Ele já está trabalhando no segundo volume da série Lerulian e a expectativa é grande. Depois partimos para a oficina de moda de Brilhos, no estande da Intrínseca. Muito fofo. Várias crianças fazendo colagens e pintando, tudo sob a supervisão de uma estilista de verdade.

Depois corremos para o lançamento de “Quem manda aqui sou eu“, do queridíssimo Luis Eduardo Matta no estande da Vermelho Marinho. Parecia encontro de blogueiros. Muitos rostinhos conhecidos foram prestigiar o lançamento do primeiro livro da série As bem-resolvidas(?).

Depois só voltamos para a feira no feriadão, dia 7 de setembro. Se você ficou espantado com nosso relato sobre a quantidade de gente que estava na porta da Bienal para ver a Hilary Duff, vocês não conseguem nem imaginar o que é uma fila para ver o Padre Marcelo Rossi. A fila fazia caracol no estacionamento e segundo a organização da Bienal, eram cerca de 110 mil pessoas. Não, você não leu errado.

Agora junta isso com mais Anne Rice e Rachel Caine no mesmo dia. Insanidade. Mas antes disso tudo, fomos para o encontro de blogueiros que aconteceria no estande da Intrínseca na parte da manhã. Uma galera muito antenada e cheia de opinião apareceu e o bate-papo durou quase 1h. Foi incrível conhecer tantos blogueiros, com sites que adoramos e ainda poder trocar idéias, opiniões e discutir livros, muitos livros.

Depois fomos correndo para a Saraiva onde aconteceria a sessão de autógrafos da fofíssima Carol Estrella. De novo encontramos muitos blogueiros conversando animadamente na frente do estande. E esse mesmo povo estava láaaaa no estande da Underworld minutos depois para os autógrafos da Rachel Caine. Me surpreendi com o tamanho da fila (e depois me disseram que a autora também). Achei que teriam menos fãs. Mas a Rachel é uma fofa, rindo o tempo todo. Ela parece aquelas professoras de primário, sabe?

A última parada da noite foi a palestra da Anne Rice e depois a sessão de autógrafos. Na palestra Anne respondeu muito detalhadamente várias perguntas dos fãs. A autora contou por exemplo:
– Que não gostou da adaptação de “Rainha dos condenados”. Ela disse que avisou várias vezes para os produtores que aqueles não eram os personagens que ela havia criado. Foi uma enorme decepção o filme para ela.
– Seu personagem mais querido é o Mennoch the Devil.
– Ela se sente tentada a reescrever alguns finais que deu aos personagens, mas ela diz que já chegou ao fim da estrada com esses personagens (das Crônicas vampirescas) e não tem mais o que falar sobre eles.
– Um novo filme com o vampiro Lestat está em negociação e ela realmente espera que aconteça.
– A história toda de ‘Violino’ ela escreveu em um caderno, enquanto olhava o mar de Copacabana durante uma noite sem sono, quando visitou a cidade.
– Ela escreveu Entrevista com o vampiro ouvindo The Doors, então na cabeça dela, o Lestat tem a voz de Jim Morrison.

Em breve mais fotos e relatos =)

Sobre Patoka

Fotógrafa especializada em shows, já captou com suas lentes momentos dos shows várias bandas. Essa paixão por música e fotografia a levou a abrir o CFOS. Quase infartou quando suas fotos apareceram na página oficial do Black Label Society e foram descritas como “killer shots”! Já fez produção de palco em festivais musicais e eventos, mas atualmente prefere deixar isso para os profissonais.

6 comentários

  1. Aliás, beijo pra Babi Dewet que nos cedeu gentilmente a foto da Anne Rice na palestra =)

  2. Invejei o autógrafo da Rachel Caine. Uma das melhores séries de vampiros.
    =D

  3. Ai que tudo, meninas! Adorei o post, e a foto da Patoka com a Rachel tá hiper *-* invejona hein, parabéns, e espero que tenham aproveitado muuuuito. Queria muito taí também. Beeijos,
    Jups

  4. @SAHPATRICIO

    Concordo completamente com a Isabella! Adoro a série, e a Rachel é uma linda e fofa, eu queria ter ela como tia. s2
    É a minha série preferida! Adoraria ter ido, mas fiquei impossibilitada. Aproveitem por nós garotas!

  5. Aí que inveja!!!!!!!!
    O bom que é uma inveja boa tá! kkkkk

    Com certeza o sonho realizado poder ter um dos nossos mais queridos livros autográfados.
    Queria muito ter visto era Alyson Noel, mas quem sabe na próxima! kkkk

  6. invejaaaaa,eu adoro os livros dela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.